clipping

data clipping veículo trecho da notícia
13/03/2016 Folha de S. Paulo

Em módulos semestrais, a autora enfatiza diferentes tópicos da narrativa (como personagem, tempo, espaço, diálogo e conflitos) e seleciona textos de escritores consagrados para exemplificá-los. 

01/01/2016 Jornal rascunho

A condição do exilado, em muitos casos, é o de alguém à beira da despersonalização — procura-se um novo rosto, pois o antigo, deixado nos espelhos de seu país de origem, não existe mais ou está em mil pedaços, tal como o espelho que o refletia.

14/10/2015 Rádio Cultura FM

Noemi Jaffe é uma das representantes do Brasil na Feira do Livro de Frankfurt. Escritora falou ao RadioMetrópolis sobre a literatura brasileira no cenário internacional e as dificuldades em participar da feira.

13/10/2015 Leia mulheres

Para alguém que acompanha o blog Quando nada está acontecendo da escritora Noemi Jaffe não é difícil mergulhar nos diálogos surdos e epistolares entre a húngara Írisz e o brasileiro Martim, ambos tão próximos pela botânica mas separados pelas formas que cada um encara uma ideologia e as formas de lidar com a vida.

08/10/2015 TFM

Donnerstag freuen wir uns auf die Schriftstellerin Noemi Jaffe und den Autor und Übersetzer Luis Krausz. Marlen Eckl wird den Abend unter dem Titel “Ein Stück lebendiger Vergangenheit” moderieren und übersetzen.

06/10/2015 Deu Baile

Segundo espetáculo da companhia, formada em 2012 por Adriana Nunes, Anna Luiza Marques e Luiza Cardinalli, a coreografia é baseada em textos da escritora Noemi Jaffe, escritos especialmente para o grupo.

25/09/2015 Valor econômico

O primeiro romance da escritora Noemi Jaffe, "Írisz: as Orquídeas", aborda o cruzamento entre Brasil e Hungria no fim da década de 50, a partir do encontro de dois personagens: Írisz e Martim. 
 

25/09/2015 Tapume

Como você avalia a produção literária hoje? É ela que interfere na produção crítica? Há quem diga que só há boa produção crítica com bons objetos, o que acha?

24/07/2015 Valor econômico

O romance "Írisz: as Orquídeas", da escritora, professora e crítica literária Noemi Jaffe, adota a fórmula consagrada pela escritora inglesa Virginia Woolf na narrativa "As Ondas" e repetida muitas vezes, senão ad nauseam, pela brasileira Clarice Lispector.

17/07/2015 Trip

Um cantor, uma escritora e um cineasta elegem suas músicas, personagens literários e cenas de filme preferidos quando o assunto é amor

07/07/2015 Cult

Em seu primeiro romance, Noemi Jaffe narra experiências de sobrevivente da revolução húngara na São Paulo do fim dos anos 1950

04/07/2015 A tarde

O fato de ser doutora em literatura brasileira, professora e crítica literária, certamente, não diz tudo sobre Noemi Jaffe.

06/06/2015 Folha de S. Paulo

Írisz é uma jovem botânica húngara, especialista em papoulas, que chega a São Paulo fugida da malsucedida revolução de seu país contra os soviéticos, em 1956.

01/01/2015 Gazeta do povo

Noemi Jaffe nasceu em São Paulo (SP), em 1962. Desde cedo inventava línguas, sotaques e desenhos, daí foram surgindo anotações, redações escolares e tudo foi se encaminhando para o mundo literário.

01/12/2014 Jornal rascunho

Noemi Jaffe nasceu em São Paulo (SP), em 1962. Desde cedo inventava línguas, sotaques e desenhos, daí foram surgindo anotações, redações escolares e tudo foi se encaminhando para o mundo literário.

07/11/2014 Valor econômico

O cotidiano de um casal já muito serviu de matéria-prima à literatura. É dessa zona de conflitos e confortos que Noemi Jaffe tenta extrair episódios mínimos para compor os breves textos que formam seu novo livro, "Comum de Dois".

27/09/2014 Folha de S. Paulo

"Parecem inscrições rupestres", constatou Noemi Jaffe, 52, dias atrás, ao olhar para a dedicatória que acabara de anotar na capa de seu livro "Comum de Dois". Com boa vontade, era possível ler "para o Samir, com carinho".

09/04/2014 O estado de S. Paulo

O livro A Verdadeira História do Alfabeto, híbrido entre conto, poesia e enciclopédia borgiana, de Noemi Jaffe (Ed. Companhia das Letras), ganhou na categoria "Contos".

09/08/2013 Valor econômico

As histórias do livro "336 Horas" resultaram do curso de escrita criativa da escritora Noemi Jaffe, na Casa do Saber, em São Paulo, em 2009. Partem de uma única ideia: um dia na vida de alguém que trabalha como corretor de seguros.

01/06/2013 Jornal rascunho

Brinquedo gracioso. A verdadeira história do alfabeto, de Noemi Jaffe, parece seguir um desses caminhos benjaminianos. Transforma-nos, seus leitores, em crianças para devolver-nos o prazer da leitura. 

 

30/11/2012 Valor econômico

Italo Calvino inventou cidades com nomes femininos. Estão lá, em suas "As Cidades Invisíveis". O argentino Julio Cortázar preferiu inventar seus seres estranhos: eram os cronópios, que se diferenciavam dos famas, do "Histórias de Cronópios e Famas". 

28/06/2011 Veja

Minha mãe, que é húngara, quando fala comigo ao telefone e diz que vem até minha casa, fala assim: “Estou indo pra lá”. Ela, no Brasil há 60 anos, não conseguiu aprender a especificidade do termo “aí”, o que a faria dizer: “Estou indo aí”.